5 argumentos pra te convencer a criar uma previdência privada

A aposentadoria é a única garantia de que você terá uma melhor idade tranquila e estável, por isso, é bom ir se planejando de agora. Você deve saber que existe a contribuição para previdência pública, no caso, destinado aqueles que participam da arrecadação do INSS. Pois bem, a previdência privada será outra maneira de você conquistar esse recurso, sem ligação com a instituição pública.

Se você ainda não entende como funciona a previdência privada e está em dúvida se deve ou não optar por ela, veja a seguir 5 argumentos plausíveis que podem te ajudar a decidir:

1. Existem vários tipos de previdência privada e algum vai servir para você

Um bom motivo para escolher a previdência privada como recurso de aposentadoria, são as diversas categorias de contribuição disponíveis. São eles:

  • Plano Gerador de Benefício Livre, que pode ser abatido do imposto de renda;
  • Vida Gerador de Benefício Livre, que não pode ser abatido do imposto de renda.

2. Você pode escolher com quanto pode contribuir

O grande diferencial da previdência privada é a possibilidade de escolher a quantia de contribuição para a aposentadoria. Enquanto a previdência pública estabelece os valores, com essa opção você pode determinar a contribuição mais acessível para você. Mas vale lembrar que o benefício a ser recebido futuramente, será equivalente ao cumprimento das parcelas que você realizou.

3. Você pode escolher quando vai contribuir

Outro ponto interessante sobre essa opção, é a possibilidade de determinar quando você irá contribuir. Diferente do plano público, com o privado você pode efetuar o pagamento de R$100 em um mês e no outro não. Assim, você não fica com um compromisso pesado e pode participar junto a previdência da forma que for mais viável para você.

4. Se quiser desistir do plano, você pode resgatar o seu investimento

Quando contribuiu junto ao INSS e deixa de trabalhar, por exemplo, as suas contribuições ficam salvas e podem ser retomados quando você voltar a ter a carteira assinada. Você só irá receber a aposentadoria quando cumprir todas as parcelas necessárias, mas com a previdência privada você pode receber caso venha a desistir do seu plano.

5. O tempo de recebimento é você quem decide

Para este recurso, irão existir duas opções de recebimento do benefício. A primeira opção é solicitar a sua aposentadoria por um determinado tempo, escolhido por você. Enquanto a segunda opção é a forma tradicional, em que você recebe as parcelas do benefício de maneira vitalícia.